a batedeira cansada

Menina! Esta semana foi muito produtiva em termos de pastelaria. Aposto que já se nota nas calças de ganga.

Primeiro, com inspiração nas instruções técnicas da Klaartje (uma talentosa colega minha), esta cozinha viu:

~ queques de cacau ~

A cena desta receita é: pôr a batedeira no máximo e vai-se misturando os ingredientes sem a desligar nem reduzir a potência. Portanto, a ordem é:

1. 60g de manteira + 150g de açúcar –> até ficar esbranquiçado

2. 1 ovo – só misturar

3. 20g de cacau – até ficar uma coisa cremosa de ficar a salivar

4. 1.2dl de leite e 150g de farinha alternando e dividindo em 3 porções

5. 2 colheres de chá de fermento

Preparam-se as forminhas ou o tabuleiro de bolinhos com aquelas formas de papel. Agora, um passo facultativo. Ou se deita só a massa ou se põe um pouco de massa no fundo, depois um recheio e depois mais massa por cima. Aqui fez-se uns simples e outros com recheio de manteiga de amendoim (morri!) e outros com recheio de coco ralado… Vai ao forno previamente aquecido a 170ºC uns 20 em 25 minutos.

Mas isto já lá vai. Descobri que no site da Martha Stewart se aprendem umas coisas. Consequentemente, neste momento estou a escrever consoladinha da vida porque comi uma fatiazorra dum espectacular e super simples

~ bolo de bué de maçã ~

Apliquei de novo a cena de ligar a batedeira no máximo e nunca desligar. Numa tigela junta-se 2 chávenas de farinha, 1 colher de chá de canela em pó, outra de sal e outra de fermento dem pó. Batem-se 2 ovos grandes, com 1 chávena de óleo e 2 chávenas de açúcar até ficar cremoso e esbranquiçado. Junta-se a mistura da farinha com cenas em 3 vezes. Vai ficar espesso de modo que é melhor acabar de misturar com a colher de pau e os bíceps. Se estiver duvidosamente espesso junta-se um tiquinho de leite frio!

Quando a massa estiver homogénea e a fazer aquelas bolhas lindas, juntam-se 2 maçãs vermelhas descascadas e cortadas aos pedaços e bate-se com a colher mais um pouco. Guarda-se um punhado de maçã para espalhar no fundo duma forma com buraco devidamente barrada de manteiga e polvilhada de farinha. Espalha-se a massa do bolo por cima da maçã e vai ao forno a 180ºC (o forno já tem de estar quente). Coze uns 45min ou até o palito espetado fundo vir limpo.

É uma coisa… e aquela maçã no fundo meia caramelizada no próprio açúcar dá um toque espectacular.

Posso adiantar que a minha batedeira rosconhof sobreaqueceu das duas vezes, coitada.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s