“Quanto mais viajo, mais gosto do meu país.”

Um primo meu pôs esta frase no Facebook, julgo que em comemoração do 10 de Junho. Poderia supor-se que nós Portugueses, no nosso feriado nacional, nos encheríamos de orgulho, o peito a arfar A Portuguesa enquanto a sardinha grelha, Sagres na mão e esquerda e a direita no peito, mas não. O que Portugal merece de nós hoje em dia é que batamos com os cotos na praia enquanto o Cavaco sua no cortejo em Belém e, quanto muito, uma gentileza no Facebook. Afinal de contas a nossa fundamental gratidão por este dia é que fizeram dele um feriado.

Pus-me a pensar na frase do meu primo e se seria verdade que isso também me acontece. A mim, cidadã do Mundo em geração, sempre com o passaporte em dia e mais dinheiro gasto em bilhetes de avião e gastronomia estrangeira do que o que algum dia sonhei. A mim, cliente de embaixadas nos antípodas, sempre a par das últimas restrições de bagagem de mão e a fazer check-in aos poucos e poucos a cada oceano e continente. A mim, que já troco as línguas e não sei onde é que estou em casa.

A mim, aconteceu-me mais ou menos assim: qt mais viajo mais gosto do meu pais

Deduzo destes dados nada científicos, que quanto menos vivo em Portugal mais gosto do meu país.

One thought on ““Quanto mais viajo, mais gosto do meu país.”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s